Quem somos?

Somos moradores de Ilhabela (Litoral Norte de SP) que de forma voluntária destinamos parte da nossa propriedade e do nosso tempo para contribuir com a preservação da biodiversidade local, com atenção às aves nativas do município, algumas delas ameaçadas de extinção, como é o caso do papagaio-moleiro Amazona farinosa que está com status de "criticamente ameaçado" no Estado de São Paulo.

Desde 2014 atuamos em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA), através da homologação do Departamento de Fauna (atual SIMA) para operar como Área de Soltura Monitorada (ASM) de Fauna Silvestre.

O que fazemos?

Recebemos espécies de aves nativas das famílias dos psitacídeos e dos ranfastídeos do arquipélago de Ilhabela para reabilitá-los e devolvê-los à natureza.

As aves passam por avaliação clínica, encaminhados para quarentena, realizam exames, quando necessário. São anilhados e alojados em viveiros especiais. Constatada as boas condições das aves, elas passam para aviários grandes para treinar voo e ganhar musculatura, interagir com pares da mesma espécie, formando os grupos que serão preparados para soltura.

Oferecemos uma alimentação semelhante a que eles vão encontrar na natureza após serem soltos.

Uma vez constatada uma ambientação bem sucedida, efetuamos a soltura e o monitoramento.

O monitoramento consiste na observação, identificação e registro de aves na vizinhança. É realizado de forma intensiva na primeira semana após a soltura e posteriormente de forma regular.

Para cada soltura efetuamos um trabalho de divulgação na vizinhança que é complementado com atividades de educação ambiental.

Todas as nossas ações são documentas e registradas no sistema SIGAM da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, em bancos de dados para elaboração de relatórios e estatísticas.

A ASM Cambaquara não é aberta à visitação pública.

Quais espécies podemos receber?

                  Quais espécies podemos receber?

Psitacídeos:
- Amazona farinosa (Papagaio-moleiro);
- Brotogeris tirica (Periquito-rico);
- Forpus xanthopterygius (Tuim);
- Pioonopsitta pileata (Cuiú-cuiú);
- Pionus Maximiliani (Maritaca-verde);
- Pyhrrura frontalis (Tiriba-da-testa-vermelha)

Ranfastídeos:
- Ramphastos dicolorus (Tucano-do-bico-verde);
- Ramphastos toco (Tucano-toco);
- Selenidera maculirostris (Araçari-poca).
     


Amazona farinosa (Papagaio-moleiro)


Pyrrhura frontalis (Tiriba-de-testa-vermelha)


Pionus maximiliani (Maritaca-verde)


Brotogeris Tirica (Periquito-rico)


                          Forpus xanthopterygius (Tuim)

                               



Ramphastos dicolorus (Tucano-do-bico-verde)










Registros do nosso trabalho...





Papagaios-moleiros (Amazona Farinosa) se alimentando em aviário de ambientação pré-soltura, doado pela Evet Lowen através ONG internacional World Parrot Trust.



Nossos parceiros:

Contamos com parcerias e voluntários essenciais para o funcionamento da Área de Soltura Monitorada Cambaquara:


  • A Clínica Veterinária do Dr. Denis Prado Amorosino, em Ilhabela, que recebe, avalia e estabiliza as aves antes de encaminhá-las para a nossa Área de Soltura;
  •     A Clínica Veterinária Wildvet, em São Paulo, através do Dr. André Grespan e equipe. Especializada em animais silvestres, recebe as aves que encaminhamos em estado crítico;
  •     O Veterinário Dr. André Becker Saidenberg, especialista em patologia de aves silvestres, que orienta com os cuidados e reabilitação das aves, com protocolos e capacitação da equipe;
  •      A Sandra Tellefsen Pietzschke, que nos auxilia desde 2016 com os cuidados e alimentação de pequenos filhotes, retirados ou caídos dos ninhos;
  •     O Parque Estadual de Ilhabela (Peib) que recebe as aves que nos encaminham, junto a uma importante parceria nas atividades de educação ambiental nas escolas e eventos públicos;
  •      A ONG World Parrot Trust (WPT) que efetuou a doação do nosso maior aviário (de treino pré-soltura) com uma volume de 192m³ e patrocínios de 2016 a 2018 principalmente com pagamentos de exames laboratoriais para as aves e compra de equipamentos;
  •     Notts Parrot Club, da Inglaterra, através da Rosemary Low que nos doou equipamentos para educação ambiental, telas para aviários, anilhas e publicou matérias sobre o nosso trabalho para a Parrot Society Magazine;
  •     A Revista Ilhabela, com edição bimestral onde mantemos uma coluna sobre meio ambiente e animais silvestres desde 2014;
  •     A Prefeitura Municipal de Ilhabela, através da Secretaria do Meio ambiente, que participou da campanha de educação ambiental “Maritacas no telhado” com a produção distribuição dos folhetos de casa em casa em 2016 e partir de março de 2019, através um termo de cooperação que subsidia nossa operação básica, onde podem ser acompanhas nossas publicações para atender os dispositivos legais relativos à transparência nos seguintes links: 


De onde provêm as aves que recebemos?

  • Apreensões feitas pela Polícia Ambiental e Bombeiros;
  • Recepções feitas pelos Monitores do Parque Estadual de Ilhabela;
  • Entregas voluntárias de pessoas que possuem aves em cativeiro irregular;
  • Aves recuperadas pela Clínica Veterinária Dr. Denis Amorosino;

Como colaborar com a ASM Cambaquara?


  • Ajudando a divulgar nosso trabalho para potenciais colaboradores, repassando este blog ou nossos contatos;

  • Transferindo seus créditos da Nota Fiscal Paulista para o nosso CNPJ (26.667.061/0001-0); 

  • Doando telas para manutenção dos nossos viveiros;

  • Fornecendo instrumentos de monitoramento remoto, tais como radio-colar;


  • Patrocinando nosso trabalho, onde nossas ações, imagens e vídeos poderão ser usados na divulgação da sua marca;

  • Realizando uma doação na nossa conta:
          Banco do Brasil
          Agência 4694-9
          Conta Corrente: 10366-7
          Titular:
          Associacao de Amigos da Area de Soltura Cambaquara
          CNPJ: 26.667.061/0001-09


           Notificar o depósito para o e-mail asmcambaquara@gmail.com



Contato

Entre em contato conosco no e-mail: asmcambaquara@gmail.com

Convidamos você a conhecer e curtir a nossa página no Facebook:
https://www.facebook.com/asmcambaquara/?fref=ts